Prefeitura Municipal de Caeté

Painel do site
Caeté, 18 de outubro de 2017 Atendimento
Você sabia? Com as obras de Saneamento (ETE e coletores) Caeté terá seu esgoto totalmente tratado
Imprimir Email

Gabinete do Prefeito

Prefeito se reúne com deputado João Vitor Xavier, vereadores e CEMIG

por Assessoria de Comunicação

25/09/2017 18:22

O Prefeito Lucas Coelho recebeu na tarde de hoje em seu gabinete o deputado João Vítor Xavier, Presidente da Comissão de Minas e Energia da Assembleia Legislativa de MG, vereadores do município e equipe técnica da CEMIG, para tratar sobre os recorrentes piques de energia em Caeté, que vem prejudicando o SAAE, moradores, comerciantes e empresários locais.

 

Na reunião, a pedido do prefeito e do deputado, foram apresentados alguns casos recentes em Caeté, quando problemas na distribuição energética da CEMIG causaram transtornos, o mais falado recentemente foi o da distribuição de água por parte do SAAE. Entre os meses de julho e setembro, a autarquia passou por dificuldades no bombeamento de água proveniente do Ribeiro Bonito devido a recorrentes manutenções da rede elétrica por parte da CEMIG. O Superintendente do SAAE, René Renault, citou que 80% da distribuição de água em Caeté é dependente da energia elétrica fornecida pela CEMIG e os últimos piques de energia, que resultaram uma variação de tensão da rede elétrica, afetaram diretamente o trabalho da autarquia, prejudicando a população caeteense.

 

O prefeito Lucas Coelho acrescentou que a reunião era de grande valia para o presente e futuro da cidade, pois ele recebeu o testemunho de empresários que geram até 200 empregos diretos em Caeté que se mostraram insatisfeitos e intencionados a deixar o município caso os piques de energia se perpetuassem. Um dos empresários citou uma perda anual de 360 mil reais resultantes desses problemas elétricos.

 

Diante das reclamações, a equipe da CEMIG apresentou dados que explicam os problemas recentes. Segundo Dirceu Venâncio Santos Júnior, técnico do Sistema Elétrico da CEMIG, Caeté tem um sistema de rede elétrica defasado em comparação a municípios próximos. A cidade está entre duas grandes subestações de distribuição energética da companhia (Sabará e Barão de Cocais), possuindo quase 500km de linha de distribuição. A linha de Caeté tem um aparelho denominado religador, que faz o controle da tensão e distribuição da corrente elétrica, responsável pela prevenção de interrupções permanentes de energia. Este aparelho atua quando problemas naturais como descargas atmosféricas ou animais ficam presos na linha de distribuição, mas também funciona diante de queimadas, pipas engaranhadas nas fiações e atos de vandalismo comprometem a distribuição energética. Ele altera a tensão momentaneamente da rede elétrica, prevenindo curtos circuitos e desequilíbrios entre fases, agindo de forma a evitar a queima de equipamentos.

 

Outro momento em que o religador é acionado, e segundo a CEMIG foi o desencadeador nas interrupções de abastecimento do SAAE, é quando a empresa realiza obras de infraestrutura. Caeté está sendo contemplada, dentro de um programa de melhorias da companhia, fruto de um projeto de 4 anos, com R$ 3.437.570,85 em obras em 52km de rede de distribuição, o que corresponde a 50% da rede central do município. Durante esses trabalhos de modernização de uma de suas subestações, a companhia realizou as chamadas manobras programadas, substituindo relés. Essas manobras desencadearam a variação de tensão da rede elétrica que abastece o centro de distribuição do SAAE, fazendo com que a quantidade de energia obtida não fosse suficiente para que o bombeamento de água fosse retomado com rapidez.

 

Para mitigar o problema do SAAE e das outras empresas da cidade, a CEMIG apresentou a proposta de instalação de outro religador até o fim de 2017, que dessa vez auxiliará a autarquia, já que ele reduzirá o impacto dos piques de energia. O Superintendente do SAAE pediu para que a CEMIG, mesmo realizando o trabalho de prevenção, avise previamente caso aconteça mais alguma necessidade de manobra, assim o SAAE pode se programar para adequar a distribuição de água e repassar a informação para a população, que sem a ciência dos fatos assimila como uma falha da autarquia.

 

Ao final, a CEMIG garantiu que até 2018 os problemas antigos na distribuição de energia que Caeté sofre por ter uma rede defasada serão solucionados. O prefeito Lucas Coelho agradeceu ao deputado João Vítor Xavier e a Comissão de Minas e Energia da ALMG pela prontidão com que foi atendido pela CEMIG e se mostrou confiante com as alternativas apresentadas pela companhia. Segundo Lucas, este encontro pioneiro procurou soluções, sem fazer politicagem.



Matérias relacionadas

    Final do corpo do documento e conteúdo da página